Madeiras para Braços e Escalas

Gostaria de uma madeira que não está na lista? é só entrar em contato.


Alguns exemplos de escalas em em estoque:

-----   Flamed Maple   -----
Densidade: 0,65 g/cm³
Resistência: Baixa


FN3 R$800
(Dimensões suficientes para braço de guitarra ou baixo com escala colada)


FN5 R$800 - Roasted
(Dimensões suficientes para braço de guitarra ou baixo com escala colada)


FN2 R$800

(Dimensões suficientes para braço de guitarra com escala colada)


-----   Marfim   -----

Madeira muito usada no Brasil para braços de instrumentos.
Mais densa e resistente que o Hard Maple, cor mais amarelada.

Densidade: 0,945 g/cm³
Resistência: Alta


Marfim tigrado:


 -----   Maple   -----

Madeira Consagrada pela Fender, hoje é comum em baixos e guitarras de praticamente todas as marcas, de todas as partes do mundo.

Densidade: 0,684 g/cm³
Resistência: Média



-----   Mogno   -----

Presente em quase todos os intrumentos Gibson. Uma das madeiras menos densas usadas em braços.
Recomendado o uso de barras de reforço em Fibra de Carbono.

Densidade: 0,530 g/cm³
Resistência: Baixa





-----   Pau Ferro  -----

Semelhante ao Jacarandá, pouco menos denso, mas mais estável.

Densidade: 0,89 g/cm³
Resistência: Alta


-----  Muirapiranga - falso Pau Brasil   -----

Além de super resistente, sua principal qualidade é sem dúvida a aparência. Com uma cor avermelhada forte natural, se torna uma opção muito interessante para braços.

Densidade: 0,98 g/cm³
Resistência: Alta





 -----   Jacarandá   -----
(Rosewood)

Esta madeira brasileira é considerada no exterior como a madeira das madeiras em questão de timbre.
Já foi usada por Gibson, Fender mas pelo alto preço, foi substituida pelo Indian Rosewood.
Não é uma madeira muito estável com mudanças de clima.

Densidade: 0,910 g/cm³
Resistência: Alta



-----   Wenge   -----

Wenge é uma madeira africana, que recentemente começo a ganhar fama na luthieria.
Uma madeira muito porosa e com visual incrível. usada até em tampos de instrumentos pelo seu visual. Assim como o Marfim e o Pau Ferro, tem ótima resistência e estabilidade.

Densidade: 0,895 g/cm³
Resistência: Alta


-----   Ébano   -----

Uma das madeiras mais usadas na história da lutheria.
Muito densa, e bastante instável à mudanças de clima.
Um belo visual e ótima tocabilidade..

Densidade: 1,120 g/cm³
Resistência: Alta



-----   Imbuia   -----

Madeira brasileira, bastante usada na luthieria para tampos, pois frequentemente apresenta veios revessos, e aparência figurada. Para braços, não é a madeira mais estável, recomenda se uso de reforços.

Densidade: 0,67 g/cm³  a  0,764 g/cm³
Resistência: Média


-----   Cabreúva   -----

Madeira porosa, com densidade próxima à Imbuia. Cor castanho escuro, boa opção para simular o Roasted Maple.

Densidade: 0,67 g/cm³
Resistência: Baixa



 -----   Roxinho   -----

Madeira de boa resistência, chama atenção principalmente pela cor. Muito bonita quando usada em tirantes de braços.

Densidade: 0,8 g/cm³
Resistência: Média


 
(54) 99225 2612

Nova Petropolis - RS - Desde 2014