"Uma boa guitarra
sempre começa por boas madeiras..."

Madeiras disponíveis para corpos

Louro Freijó

Peso pode variar em torno de 1.9kg. Sem emendas. Ótimo para acabamentos com tingimento ou  direto em verniz, muito usada por luthiers, é uma madeira muito fácil de se trabalhar, possui veios muito bonitos.
Segundo a revista Guitar Player seria o Ash brasileiro, em termos de timbre.

Densidade: 0,466 g/cm³




Mogno

Sem emendas (consulte por descontos em peças com 1 emeneda). Peso pode variar em torno de 2,4kg. O lendário Mogno, muito usado nas guitarras Gibson, e em guitarras onde se buscam timbres mais encorpados, com bastante sustain, sua sonoridade tende às frequências mais graves.

Densidade: 0,53 g/cm³  a  0,69g/cm³




Ash:

Peso varia em torno de 2,5Kg, Com emenda.
Madeira importada.
O timbre consagrado pela Fender. Assim como o Alder, muito usada na fabricação de toda a linha de instrumentos Fender.
Timbre que tende aos médios e agudos, com bastante punch.

Densidade: 0,690 g/cm³



Pinho:

Peso varia em torno de 2,3Kg.
Com emenda.
Madeira macia, facil de trabalhar, com uma densidade bem uniforme em todo o corpo.
Usada também como tampos em violões.
Luthiers usam como substituto para o timbre do Alder,.

Densidade: 0,620 g/cm³




Cedro rosa:


Peso varia em torno de 2Kg.
Sem emenda.
Timbre mais equilibrado e "doce", sem agudos irritantes.

Densidade: 0,537 g/cm³



Cerejeira:

Seu peso varia em torno de 2,4kg. Sem emenda.
Madeira muito densa, de alta propagação de som. Soa muito bem em Telecasters, com seu som estalado.

Densidade: 0,68 g/cm³


Marupá:

 Peso varia em torno de 1,7kg. Com emenda.
"Madeira de baixa granulação, clara leve e ressonante, baixa densidade, sem veios, timbre bem articulado com agudos e graves bem balanceados, e também possui uma ótima velocidade do som. É indicada para corpos de guitarra, especialmente strato que pode ter um timbre e peso de uma guitarra vintage (Tagima utiliza, bem como diversos luthiers). Também é utilizada em tampos de violão."  - Fonte: luthieriabrasil.blogspot.com.br

Densidade: 0,404 g/cm³


Timburi:

Com emenda. Madeira porosa. Peso varia em torno de 2,3kg.
Ótima ressonância.

Densidade: 0,57 g/cm³


Tauari:

Peso varia em torno de 2,8Kg. Sem emenda.
"Características: Madeira muito versátil, sendo possível utilizá-la para corpo, braço e escala. Possui a densidade de 0,63 g/cm³ e o aspecto claro. Segundo luthiers, esta madeira quando utilizada no braço e escala da guitarra se assemelha muito ao Maple, podendo ser utilizado como substituto deste."   - Fonte: luthieriabrasil.blogspot.com.br

Densidade: 0,632 g/cm³



Kiri:

Peso varia em torno de 1,6Kg. Sem emenda.
Sua principal vantagem sem dúvida é o peso, a mais leve madeira que eu imagino que se pode usar em uma guitarra aqui no Brasil, uma ótima alternativa para baixos, ou guitarras com corpos grandes que tendem a pesar mais, como as Jaguar. Além de ficar muito bem com pinturas translúcidas, possui veios bonitos, lembram um pouco os traços do Ash.
Outra vantagem desta madeira, é que diferente de muitas madeiras leves e macias, esta não tende a empenar nem rachar, realmente muito estável.

Densidade: 0,356 g/cm³


Garopa:

Peso varia em torno de 1,8Kg. Com emenda.
Não é comum na lutheria, já foi uma madeira muito usada antigamente em esquadrias e móveis, mas ficou escassa e foi abandonada. Raramente se encontram retalhos antigos em madeireiras, como estes.
Muito boa de trabalhar, lembra o Marupá mas não é quebradiço como ele. Também não tende a rachar e empenar. Sua densidade é a mesma do Alder, 0,469g/cm³, e tem uma porosidade muito semelhante também. Acredito que seja um ótimo substituto.

Densidade: 0,469 g/cm³


Jequitibá:

Peso varia em torno de 2,8Kg. Sem emenda.
Madeira fibrosa como o Mogno, mas mais densa e pesada, porém conta com os mesmos graves e até mais presentes e comportados.

Densidade: 0,60 g/cm³







16 comentários:

Leandro Buzankka disse...

Muito legal as elucidações sobre os timbres de cada madeira e o visual das madeiras, bacana mesmo.

Anônimo disse...

Boa noite! existe alguma peça de Quilted Maple para top?

Eduardo Kaiser disse...

Eu tinha no mês passado, acabei usando em um projeto. Se quiseres, posso encomendar outro dos EUA, mas já adianto que o valor gira em torno de 1000 reais, só o bloco do Quilted Maple. Abraço!

Moacyr Netto disse...

O bloco de Quilted Maple da pra fazer um corpo de LP?

Moacyr Netto disse...

Corpo não, o top de uma LP.

Eduardo Kaiser disse...

Dá sim Moacyr, este top da foto já foi vendido. Estou fazendo uma LP com ele, ficará pronta mês que vem, mas consigo encomendar outro.

Iury disse...

Gostaria de saber mais sobre a cerejeira, prós e contras;
Que madeiras seriam boas para uma guitarra Jazzmaster, com som verdadeiro de Jazzmaster?

Eduardo Kaiser disse...

Olá amigo!
A Cerejeira é uma madeira q tende aos agudos estalados, mas é uma madeira muito pesada, eu não recomendo em guitarras sólidas, fica melhor em guitarras semi hollow / thinlines.
Cedro rosa para a JazzMaster, na minha opinião.

Lucas Magyver disse...

Olá, vc tem Blank de freijo e ash para stratocaster? Caso sim quais os valores, obrigado.

Danilo Caretta disse...

Eduardo, por gentileza, qual dessas madeiras é a mais recomendada pra quem quer tirar o maior sustain possível de uma stratocaster?

Eduardo Kaiser disse...

Danilo, acho q com madeiras mais densas provavelmente as chances de aumentar o sustain seriam maiores.
A Cerejeira, e o Tauari são madeiras bem densas.
O Mogno já é um meio termo entre peso e sustain.

Julio Miceli disse...

Olá amigo, entre a GAROPA e a TIMBURI qual vc acha que se assemelha mais com o timbre do ALDER para uma strato?

Eduardo Kaiser disse...

A garopa e principalmente o pinho. O Timburi está mais pra Ash

Julio Miceli disse...

Os valores estão atualizados na tabela de preços?

Eduardo Kaiser disse...

Sim

Reinaldo Valle disse...

Olá!! tenho interesse em fazer um corpo de strato com a sua madeira que mais se assemelha ao alder. com bindng e com tampo em quilted maple... se isso teria pra pronta entrega.. Agradeço desde já

Postar um comentário

 
(54) 99140-3649 ... contato@kaiserguitars.com